Como instalar um servidor LAMP + WordPress no Ubuntu 18.04

servidor-lamp-ubuntu-bionic Como instalar um servidor LAMP + WordPress no Ubuntu 18.04 Tutorial

Ter um servidor local rodando no seu computador é indispensável para qualquer desenvolvedor web. Você pode testar em tempo real cada modificação no código que está trabalhando e evita ficar subindo para o servidor web arquivos não testados.

No Ubuntu, temos a opção de configurar um Servidor LAMP (acrônimo para Linux, Apache, MySQL e PHP/Python), um conjunto de ferramentas muito versátil e robusto que permite trabalhar em basicamente qualquer projeto com poucos ou nenhum problema.

No tutorial abaixo, explico detalhadamente como instalar e configurar o LAMP no Ubuntu 18.04 LTS. Siga cada passo na exata ordem e, caso tenha de qualquer dúvida, escreva nos comentários.

Passo 1: Instale o servidor Apache. Abra o Terminal e cole o código abaixo seguido de Enter (você precisará de privilégios de administrador para continuar):

sudo apt update; sudo apt install apache2 -y

Para conferir se o servidor foi instalado corretamente, abra o endereço http://127.0.0.1 ou http://localhost no navegador. Uma página com o título “Apache2 Ubuntu Default Page” deverá ser exibida, como na imagem abaixo.

servidor-apache Como instalar um servidor LAMP + WordPress no Ubuntu 18.04 Tutorial

Passo 2: Instale o gerenciador de banco de dados MySQL. Ainda no Terminal, cole a linha abaixo:

sudo apt install mysql-server mysql-client -y

Passo 3: Instale o PHP e o módulo de compatibilidade do MySQL. Cole a seguinte linha no Terminal:

sudo apt install php libapache2-mod-php php-mysql -y

Passo 4: Instale o phpMyAdmin para administrar seus bancos de dados pela interface web.

sudo apt install phpmyadmin -y

Uma aba de configuração será exibida. Selecione apache2 e tecle Enter (use Enter novamente na aba seguinte, para facilitar).

Escolha uma senha para o usuário de administração o MySQL. Salve esta senha.

Se o procedimento foi bem sucedido, você conseguirá acessar o painel de administração do phpMyAdmin no endereço http://localhost/phpmyadmin. O usuário para acessar o painel do phpMyAdmin a partir do PHP 5.7 é “phpmyadmin” e a senha será a mesma que você escolheu durante a instalação.

Se você não conseguir visualizar a página, experimente usar o código abaixo e tente novamente em seguida.

sudo ln -s /etc/phpmyadmin/apache.conf /etc/apache2/conf-enabled/phpmyadmin.conf; sudo /etc/init.d/apache2 reload

Passo 5: Para criar, importar e editar bancos de dados será preciso dar permissões de administrador para o usuário “phpmyadmin” que você criou. No Terminal, abra o prompt do MySQL com o código abaixo (deixe a senha em branco e aperte Enter):

sudo mysql -u root -p

Com o prompt aberto, cole a seguinte linha:

GRANT ALL PRIVILEGES ON *.* TO 'phpmyadmin'@'localhost' WITH GRANT OPTION;

Feche com:

exit;

Reinicie o servidor Apache e o MySQL para que as mudanças surtam efeito.

sudo systemctl restart apache2; sudo service mysql restart

Passo 6: Após reiniciado o servidor Apache, verifique o estado do mesmo.

sudo systemctl status apache2

Um log será aberto no Terminal. A quinta ou sexta linha exibirá um trecho como “Active: active (running) since Tue 2018-06-05 06:05:09 -03; 7ms ago” indicando que o servidor está ativo. Para fechar o log, digite Ctrl+C.

Passo 7: Agora é hora de testar o se o PHP está sendo processado normalmente no servidor web local. O código abaixo criará um arquivo info.php dentro do diretório /var/www/html no editor de textos Gedit.

sudo gedit /var/www/html/info.php

Cole o código abaixo, salve o arquivo e feche o editor.

<?php
phpinfo();
?>

Abra o endereço http://127.0.0.1/info.php no seu navegador. Uma página similar à imagem a seguir deverá ser exibida.

php-localhost Como instalar um servidor LAMP + WordPress no Ubuntu 18.04 Tutorial

Se preferir, pode deletar o arquivo com o comando rm, como no código a seguir:

sudo rm /var/www/html/info.php

Passo 6: O diretório /var/www/html é onde o seu site está localizado, mas ele pertence ao usuário root. Você precisa mudar as permissões deste diretório, possibilitando criar e deletar arquivos a partir dele. Cole a linha abaixo no Terminal.

sudo chmod 777 -R /var/www/html

Pronto! Seu servidor LAMP está configurado. Qualquer arquivo ou diretório criando dentro da pasta html deverá ser exibido no endereço 127.0.0.1/caminho/do/diretorio/ou/arquivo.

WordPress no servidor LAMP

Pra instalar o WordPress, o mais popular sistema de gerenciamento de conteúdo, no seu servidor LAMP, basta baixar o arquivo .zip da última versão no site br.wordpress.org e extrair o conteúdo no diretório /var/www/html.

Dentro da pasta wordpress, renomeie o arquivo wp-config-sample.php para wp-config.php, abra-o no editor de textos Gedit e altere nome e senha do banco de dados que você criou ou importou previamente nos campos específicos.

A instalação deve rodar sem nenhum problema. No entanto, você pode enfrentar alguns problemas com links personalizados em bancos de dados importados. Para resolver isso, insira o código abaixo no Terminal seguido de Enter.

sudo a2enmod rewrite; sudo /etc/init.d/apache2 restart

Na mesma janela do Terminal, abra o arquivo 000-default.conf no editor de textos Gedit:

sudo gedit /etc/apache2/sites-enabled/000-default.conf

Encontre a linha com o trecho </VirtualHost>, pule uma linha e cole o seguinte código:

<Directory /var/www/html>
Options Indexes FollowSymLinks MultiViews
# AllowOverride -> changed from 'None' to 'FileInfo'
AllowOverride FileInfo
Order allow,deny
allow from all
</Directory>

Salve, feche a janela do Gedit e reinicie o servidor Apache no Terminal:

sudo /etc/init.d/apache2 restart

Pronto! Depois dessas mudanças, sua instalação do WordPress deve funcionar sem problemas.

→ Veja também! Como atualizar o WordPress no localhost.

Uma Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.