Mesa de madeira mostra celular com celular e outros objetos. A telad do celular mostra um cadeado, em alusão à segurança
Unsplash/danny144

Usa um serviço de DNS público em vez do fornecido pelo seu provedor de Internet pode trazer grandes vantagens em relação à velocidade, privacidade e segurança online. Esses serviços costumam ser administrados com mais cuidado, não registram suas atividades de navegação e podem ajudar a evitar sites maliciosos – além de permitir acessar sites que estejam bloqueados em determinados países.

O DNS do AdGuard é um deles. Prometendo bloquear sites maliciosos e serviços de publicidade online, ele é uma ótima opção para melhorar a segurança e privacidade de sua navegação na internet. Configurá-lo em seu roteador permite que todos os dispositivos em sua rede local usem o mesmo DNS automaticamente, sem precisar configurá-los individualmente. Neste tutorial, vou explicar passo a passo como configurar os endereços de DNS do AdGuard em um roteador.

Para este exemplo, vou usar um roteador da marca TP-Link, mas o processo deve ser muito parecido em modelos de outras marcas mais populares.

Passo 1: Acesse a página de configuração do roteador

O primeiro passo é acessar a página de configuração do roteador. Normalmente, você pode fazer isso digitando o endereço IP do roteador na barra de endereço do seu navegador da web. Esse endereço IP geralmente está listado na documentação do roteador ou pode ser encontrado na parte inferior ou na lateral do dispositivo — 10.0.0.1 ou 192.168.0.1 costumam ser padrão para a maioria dos fabricantes.

Passo 2: Faça login na página de configuração

Após acessar a página de configuração do roteador, você precisará fazer login. Normalmente, isso envolve inserir um nome de usuário e senha, que também são fornecidos na documentação do roteador ou podem ser encontrados na página de suporte do modelo, no site o fabricante.

Passo 3: Encontre as configurações de DNS

Depois de fazer login, procure a seção de configurações de DNS. Isso pode estar sob uma seção chamada “Rede”, “Internet” ou “Configurações avançadas”.

Página de configurações da TP-Link mostra aba de DNS
TP-Link/Reprodução
Configuração de DNS em um roteador TP-Link
 

Passo 4: Insira os endereços de DNS

Em seguida, insira os endereços de DNS IPv4. O endereço DNS primário é 94.140.14.14 e o DNS secundário é 94.140.15.15. Certifique-se de inserir esses endereços corretamente para garantir que seu roteador esteja usando o DNS do AdGuard.

IPv6

Se o seu provedor fornece conexões com endereços IPv6, você também deve configurá-los. Caso tenha dúvida, pode acessar o site test-ipv6.com para verificar a disponibilidade na sua conexão.

Na página de configuração da TP-Link, o IPv6 tem um menu separado e o processo é bastante similar ao anterior e deve ser parecido em modelos de outras marcas. No campo de endereço DNS primário, cole o endereço 2a00:5a60::ad1:0ff, e no de DNS secundário, use 2a00:5a60::ad2:0ff.

Passo 5: Salve as configurações

Após inserir os endereços de DNS, certifique-se de salvar as configurações antes de sair da página de configuração do roteador. Normalmente, isso envolve clicar em um botão chamado “Salvar” ou “Aplicar”, dependendo da marca do seu roteador.

Nem sempre é necessário, mas é recomendando reiniciar o roteador para que as configurações se propagem entre os dispositivos conectados na rede.