Mulher usando calculadora segura vários recibos em uma mesa para calcular o imposto de renda
Freepik/pressfoto

Desde 1922, a declaração de Imposto de Renda é uma obrigação anual que todos os contribuintes brasileiros devem cumprir. Desde então, a forma de prestar contas à Receita Federal mudou bastante, sem a obrigatoriedade de preencher formulários de papel e passar por um processo complicado. Hoje, é possível realizar isso através de aplicativos de diversas plataformas. Para aqueles que utilizam sistemas operacionais Linux, esse procedimento é seguro e eficiente. Neste guia, apresentarei os passos necessários para realizar a declaração de Imposto de Renda no Linux, utilizando ferramentas disponíveis para a plataforma.

Requisitos e preparação

Antes de iniciar a declaração de Imposto de Renda no Linux, é importante garantir que você tenha todos os requisitos necessários. Primeiramente, verifique se o sistema operacional Linux está corretamente instalado e atualizado. Além disso, certifique-se de ter acesso a uma conexão estável com a internet.

O próximo passo é baixar o programa oficial da Receita Federal para a declaração do Imposto de Renda, conhecido como IRPF (Imposto de Renda Pessoa Física). A Receita Federal disponibiliza esse software gratuitamente para diversas plataformas, incluindo Linux. Para baixá-lo, acesse o site da Receita Federal e procure pela opção de download do IRPF compatível com o seu sistema Linux.

Instalação do IRPF no Linux

No site da Receita Federal, ao clicar na opção de download para Linux, você vai baixar um arquivo com final .bin. Mas como instalar?

O procedimento é bastante simples e requer apenas três comandos no terminal.

Passo 1: Abra o Terminal e navegue até a sua pasta de downloads (ou outra pasta na qual você salvou o arquivo) com o seguinte comando:

cd ~/Downloads/

Passo 2: Agora, vamos tornar o aquivo .bin executável. O nome completo da versão atual que baixei é IRPF2023Linux-x86_64v1.3.sh.bin, então é este nome que vou usar.

chmod +x IRPF2023Linux-x86_64v1.3.sh.bin

Dica: Você pode completar o nome de arquivos no terminal usando a tecla Tab. Basta digitar as primeiras letras (exemplo: IRPF), digitar Tab e o nome do arquivo se autocompletará (para IRPF2023Linux-x86_64v1.3.sh.bin, neste caso).

Passo 3: Com o arquivo agora configurado como executável, vamos executá-lo para iniciar a instalação. Use o comando abaixo:

./IRPF2023Linux-x86_64v1.3.sh.bin

Uma janela de instalador similar às usadas no Windows deve abrir após este comando. Basta clicar no botão Avançar até que o processo de instalação seja concluído. Então, clique no botão Terminar.

Pronto! O IRPF já deve aparecer na lista de aplicativos instalados no seu sistema, pronto para ser usando para fazer a sua declaração de Imposto de Renda.

Preenchimento da declaração

Com o IRPF instalado no Linux, agora é hora de preencher a declaração de Imposto de Renda. Ao abrir o programa, você será apresentado à tela inicial, onde poderá escolher entre criar uma nova declaração ou abrir uma declaração já existente.

Janela do IRPF aberta no Linux
Receita Federal/Reprodução
IRPF aberto no Ubuntu Linux
 

Para começar uma nova declaração, clique em “Declaração”, no menu no canto superior esquerdo da janela, depois em “Nova”. Na área à direita, selecione “Declaração de Ajuste Anual” e, em seguida, “Iniciar Declaração em Branco”. O programa irá solicitar informações pessoais, como nome, CPF, data de nascimento, entre outros. É importante ter em mãos todos os documentos necessários, como comprovantes de rendimentos, despesas dedutíveis e informações sobre bens e direitos.

Durante o preenchimento da declaração, o IRPF oferece recursos de validação e verificação de dados, evitando erros e inconsistências. É recomendável utilizar essas ferramentas para garantir que as informações fornecidas estão corretas.

O IRPF também já faz o cálculo do imposto, com o total de imposto devido e o total de imposto pago, e oferece a opção de parcelar o total a pagar em até 8 parcelas/quotas e configurar o débito automático em conta bancária.

Envio da declaração

Após preencher todos os campos da declaração de Imposto de Renda, é hora de enviá-la para a Receita Federal. O IRPF possui uma opção específica para a transmissão da declaração, que pode ser acessada a partir do menu principal do programa em “Declaração”, depois “Entregar Declaração” e escolha as opções “Com certificado digital” ou “Sem certificado digital”.

Ao selecionar a opção de envio, o IRPF irá verificar novamente a declaração em busca de erros ou inconsistências. Caso algum problema seja identificado, o programa irá informá-lo e solicitar as devidas correções. Se a declaração estiver correta, o IRPF irá gerar um arquivo com extensão .dec contendo todas as informações fornecidas e este arquivo será enviado para o Receitanet, não sendo mais necessário baixar nenhum outro programa.

Você pode encontrar um tutorial completo com mais detalhes de como usar o IRPF 2023 neste vídeo abaixo: