Capturas de tela mostram histórico de chats de outras pessoas no ChatGPT
Reddit/Reprodução

Usuários do ChatGPT têm relatado, em postagens no Reddit, um problema de privacidade e segurança, onde históricos de conversas de outras pessoas estão sendo exibidos em suas contas. Esta falha é preocupante e pode ter implicações sérias para a privacidade.

A barra lateral da interface do ChatGPT exibe conversas passadas, permitindo que uma antiga conversa com a inteligência artificial possa ser retomada posteriormente, mas somente o usuário que as criou pode acessá-las. No entanto, várias pessoas estão relatando históricos de outras aparecendo em suas contas como se elas tivessem iniciado tais conversas. Um usuário relatou que não conseguiu ver todo o log das conversas, mas apenas os títulos — que são dados automaticamente pela ferramenta após a primeira interação.

Na tarde de segunda-feira (20), quem acessou o ChatGPT pode perceber que a função de histórico mostrava um erro que dizia “Não foi possível carregar o histórico. Estamos trabalhando para restaurar esta função o mais rápido possível”. Logo depois, todo o serviço saiu do ar por várias horas, de acordo com a página de status da OpenAI.

Desde o seu lançamento pela OpenAI, em novembro de 2022, o o ChatGPT tem sofrido com instabilidades constantes. É comum, em horários de pico de uso, ter os chats interrompidos no meio de uma resposta ou nem receber uma resposta da ferramenta. Apesar disso, a ferramenta se mantém extremamente popular. Em fevereiro, a empresa lançou o ChatGPT Plus, um plano de assinatura por US$ 20/mês que promete mais estabilidade, respostas mais rápidas e prioridade no lançamento de novas funções.

Assinantes do ChatGPT Plus, que já está rodando o modelo de linguagem GPT-4, também relataram instabilidade e não conseguiram acessar a ferramenta.

OpenAI também vê o seu histórico

A OpenAI reconhece que usa conversas dos usuários para treinar seu sistema GPT-4 e que as mesmas serão revisadas por “treinadores de IA” como parte desse processo. A empresa destaca seu compromisso com a IA segura e responsável, e que as revisões são realizadas para melhorar o sistema e garantir a conformidade com as políticas da empresa e requisitos de segurança. A página de perguntas frequentes ainda orienta os usuários a não usarem informações sensíveis em suas conversas.

Apesar do compromisso da OpenAI com a segurança, o ChatGPT tem sido pouco confiável em relação à precisão de suas respostas. Hackers têm usado a plataforma para espalhar mensagens racistas e teorias conspiratórias, golpistas usam a plataforma para melhorar e “humanizar” seus esquemas, e pedófilos tem se aproveitado da ferramenta para criar jogos de interpretação que sexualizam crianças.

Embora o ChatGPT seja criticado, muitas pessoas e organizações o usam diariamente, incluindo juízes, para escrever suas sentenças, startups de tecnologia, para auxiliar na escrita de código, e até mesmo o Pentágono tem utilizado para escrever comunicados.

É importante que a OpenAI continue trabalhando na segurança e na responsabilidade do ChatGPT para garantir que a plataforma possa ser usada com confiança e sem riscos à privacidade e segurança dos usuários.