Raspberry Pi 400: Um computador em um teclado por US$ 70

Foto mostra o novo Raspberry Pi 400

Uma das maiores inconveniências de trabalhar com dispositivos Raspberry Pi sempre foi encontrar a melhor forma de guardar a pequena placa do dispositivo em um estojo que não apenas protegesse, mas que também permitisse acessar todas as portas de maneira fácil.

Foi aí que a Raspberry Pi Foundation decidiu resolver isso com o novo Raspberry Pi 400, um computador completo com processador ARM quad-core de 1.8 Ghz, 4 Gb de memória RAM, wi-fi integrado, conexão de rede Ethernet e duas saídas HDMI. Tudo isso integrado em um teclado portátil.

Um kit com mouse, cabo USB com fonte de energia, cabo HDMI e um cartão SD com uma versão do Raspberry Pi OS pré-instalado e uma edição do guia de iniciantes também está disponível na loja da fundação, por 30 dólares a mais.

Kit completo do Raspberry Pi 400 com mouse, fonte de energia e cartão SD

Esse novo formato é ideal para usar o Raspberry Pi em projetos educacionais. O preço baixo, a portabilidade e facilidade de plugar o dispositivo em um monitor, além da possibilidade de ter todo o sistema operacional e arquivos pessoais armazenado em um cartão SD, torna o Pi 400 uma ferramenta muito versátil para ser usadas em laboratórios de escolas — não apenas para aprender programação, já que o dispositivo tem poder de processamento suficiente pra atender demandas básicas, como navegar na internet e editar documentos de texto e planilhas.

Apesar do novo formato, o Pi 400 não deixa de lado o espirito maker. O dispositivo continua oferecendo uma porta de 40 pinos que pode ser usada em projetos diversos.

Ubuntu

Para aqueles já familiarizados com a mais popular distribuição Linux da atualidade, a Canonical garante que a versão 20.10 do Ubuntu já é totalmente compatível com o Raspberry Pi 400 e usuários não devem encontrar nenhuma dificuldade instalando o sistema no dispositivo.

Comentários