Notebook plugado na tomada mostrando um ícone de bateria fraca na tela

Uma das grande pedras no caminho da industria de tecnologia para aumentar a autonomia dos notebooks tem sido encontrar uma forma de conciliar poder de processamento e gestão de energia de forma eficiente. A Intel, que tem dominado o setor nos últimos 10 anos, nunca apresentou um salto muito expressivo de uma geração para outra, dando até margem para que fabricantes comecem a planejar alternativas aos chips do time azul.

Enquanto essa alternativa não chega, existem alguns meios de melhorar a forma como o seu processador se comporta, ganhando algumas horas a mais fora da tomada, sem tornar o seu notebook uma carroça no processo. E se você usa Linux, uma das soluções é o TLP (Thinkpad Linux Power).

O TLP é uma ferramenta open source de gerenciamento avançado de bateria, compatível com vários fabricantes, que ajuda a aumentar a autonomia e vida útil desse componentes em notebooks com sistema operacional Linux. Ele roda em segundo plano manipulando de forma inteligente como o CPU, SSDs e HDDs, dispositivos USB e PCI e conexões sem fio utilizam energia. É só instalar e esquecer.

Apesar de rodar apenas em linha de comando, usuários menos experientes não precisam ter medo. Por padrão, o TLP já está configurado para ser ativado assim que notebook é desplugado da tomada (ou quando está ocioso) e adotar um perfil de gerenciamento que prolongue a duração da bateria.

Ele é capaz, por exemplo, de ativar os modos de economia de energia do CPU, das placas de vídeo Radeon e da placa de Wifi e Bluetooth e diminuir o giro dos discos rígidos quando o usuário não está utilizando o notebook ou opera uma tarefa que não exige muito do hardware. E reverte, sem que o usuário tenha tempo de perceber, todas essas configurações rapidamente assim que uma atividade demanda mais processamento ou uma transferência mais rápida de dados do HD.

Instalação

Instalar o TLP não é uma tarefa muito complicada. Os pacotes necessários já estão disponíveis nos repositórios das distribuições mais populares, bastando uma simples linha de comando.

No Fedora, abra o Terminal e cole o comando abaixo.

sudo dnf install tlp tlp-rdw

Notebooks da marca ThinkPad precisam de pacotes adicionais para ativar funções extras. Se esse é o seu caso, use as seguintes linhas de comando, uma por vez:

sudo dnf install https://download1.rpmfusion.org/free/fedora/rpmfusion-free-release-$(rpm -E %fedora).noarch.rpm
sudo dnf install http://repo.linrunner.de/fedora/tlp/repos/releases/tlp-release.fc$(rpm -E %fedora).noarch.rpm
sudo dnf install akmod-tp_smapi akmod-acpi_call kernel-devel

No Debian, Ubuntu e derivados, o comando para instalar o TLP é o seguinte:

sudo apt install tlp tlp-rdw

Os pacotes adicionais para ThinkPads pode ser instalados com uma única linha:

sudo apt-get install tp-smapi-dkms acpi-call-dkms

No Linux Mint, é necessário adicionar um repositório antes de instalar. Isso pode ser feito com os comandos abaixo, uma linha por vez.

sudo add-apt-repository ppa:linrunner/tlp
sudo apt update
sudo apt install tlp tlp-rdw

No Debian 9 “Strech” e Debian 10 “Buster”, edite o arquivo /etc/apt/sources.list, adicione as seguintes linhas ao final do mesmo e salve. Você vai precisar de permissões de administrador para isso.

deb http://ftp.debian.org/debian buster-backports main
deb http://ftp.debian.org/debian stretch-backports-sloppy main

Depois, basta colar os comandos abaixo no Terminal, uma linha por vez.

sudo apt update
sudo apt install tlp tlp-rdw

Confirmando

Como disse anteriormente, depois de instalar o TLP, você pode esquecer e deixar ele rodar em segundo plano, mas antes é preciso conferir se tudo está funcionando. Reinicie o seu notebook e rode o seguinte comando no Terminal.

sudo systemctl status tlp

Se tudo correu bem, você receberá uma saída similar à da imagem abaixo, com um trecho contento “Active: active (exited)” na terceira linha.

Janela do Terminal mostra saída de comando com confirmação de ativação do TLP

Pronto! Agora é só continuar usando seu notebook normalmente e aproveitar mais tempo longe da tomada.