Logo do Bluesky com uma foto de um céu azul com nuvens
Freepik/ilovehz

O Bluesky, rede social financiada por Jack Dorsey, um dos fundadores do Twitter, tem ganhado destaque entre os usuários de redes social. Apelidada como o “Twitter 2.0”, a nova plataforma tem atraído as principais personalidades da rede do passarinho.

Desde que Elon Musk comprou o Twitter, em outubro de 2022, usuários têm procurado alternativas. Os usuários do Bluesky dizem que o aplicativo, que oferece recursos semelhantes ao Twitter, é o que chega mais perto de imitar o tom e a sensação de usar o Twitter “raiz”.

Leia também: O que é Mastodon: conheça a rede social alternativa ao Twitter

Bluesky é diferente do Twitter?

O Bluesky é uma rede social que permite postar textos curtos e fotos, responder uns aos outros e compartilhar postagens de outras pessoas. O aplicativo, que ainda está em desenvolvimento, já tem versões para iOS e Android.

Semelhante ao Mastodon, o Bluesky planeja ser um sistema descentralizado, o que significa que as pessoas eventualmente poderão construir seus próprios aplicativos e comunidades dentro dele. A CEO do Bluesky, Jay Graber, afirmou que a plataforma foi projetado dessa maneira para que nenhum indivíduo possa impor regras para toda a comunidade Bluesky.

Outra diferença é que o Bluesky opera usando um protocolo aberto, o AT Protocol, que permite que as postagens fluam entre diferentes plataformas com facilidade, o que é incomum em redes sociais tradicionais, que geralmente são “trancam” seu usuários e conteúdo – o que é postado em plataformas individuais permanece apenas nessa plataforma.

Leia também: Redes Sociais Descentralizadas: O que são e por que são importantes

A compra do Twitter por Elon Musk e as mudanças que ele fez no serviço, como mudar suas práticas de verificação e afrouxar regras que coibiam o discurso de ódio, levaram usuários a testar alternativas. Alguns migraram para o Mastodon, outra plataforma de mídia social descentralizada que afirmou ser “uma alternativa viável ao Twitter”.

O Bluesky, que era originalmente limitado a um pequeno grupo de insiders, tornou-se popular depois começou a ser aberto para que mais pessoas pudessem criar contas na plataforma, criando um burburinho em torno dela. Os usuários do Bluesky parecem estar se divertindo com as semelhanças do aplicativo com o Twitter, inclusive apelidando as postagens no aplicativo de skeets, em uma brincadeira com tweets.

Como criar uma conta no Bluesky?

Atualmente, o Bluesky está disponível apenas por meio de convites. Usuários já cadastrados tem um número limitado de códigos de convite que podem enviar para outras pessoas. Os desenvolvedores do Bluesky prometem que a plataforma será aberta ao público geral assim que eles criarem ferramentas confiáveis de moderação de conteúdo.